Seja um mero observador de sua própria vida

SEJA UM MERO OBSERVADOR DE SUA PRÓPRIA VIDA

Mecânica Quântica na Prática

Você já sabe que tudo que acontece com nossa vida é atraído por nós, em algum momento, não é? Eletromagnetismo…

Mas, mesmo assim, cada vez que acontece algo, seja algo bom ou algo que julgamos ruim, logo entramos na euforia ou no drama.

Resumindo, a gente se deixa envolver no cenário, no enredo… quando o inteligente seria sermos plateia, os espectadores, observando e aprendendo com o processo.

Sei que não é lá muito fácil, afinal, desde o nosso nascimento aprendemos a viver o drama ou a comédia da vida, não é verdade?

Mas essas programações, da mesma maneira que foram feitas, podem e devem ser desfeitas, se quisermos nos curar e evoluir. Transcender esse estado de coisas.

A escolha é nossa…, a decisão é nossa…, a ação é nossa.

Viver o drama ou a comédia é a visão da galinha, em seu quintal cercado de muros… ou seja, a consciência de vítima.

Se sou vítima, não tenho o controle, nada posso fazer para mudar. Mas isso é o que contaram para nós, porque, na realidade, nós somos autores de tudo em nossa vida e no mundo, por ressonância.

Mesmo não sabendo que criamos… nós criamos… não se iludam!

Então, por que não tomarmos o controle de nós mesmos e criarmos, conscientemente, aquilo que queremos?

Desprogramar-se e reprogramar-se! Desprograme-se do arquétipo da galinha (a mente limitada) e reprograme-se no arquétipo da Águia (o espírito ilimitado), e assista seu drama ou a sua comédia da cadeira do espectador.

O que eu quero dizer com isso, na prática? Vou dar alguns exemplos:

1) Você não é doente, você tem um corpo físico, mental ou emocional que apresenta, temporariamente, uma enfermidade;

2) Você não é pobre; apenas está vivendo uma experiência temporária de privação ou está atraindo a carência com suas próprias crenças limitantes;

3) Você não tem problemas, você tem desafios para o seu crescimento.

4) Você não está vibrando de felicidade, saltitando de alegria porque conseguiu algo que queria: você está eufórico… A euforia é uma emoção temporária, a felicidade é um estado de espírito permanente, independente do que aconteça fora de você.

Nós entramos no drama ou na comédia porque nos vemos como um corpo físico perecível, vivendo uma existência de algumas décadas, totalmente entregues aos ditames de um destino, traçado por um Deus que não sabemos onde está, nem temos acesso…

É assim que a galinha se vê, cercada de muros.

Mas nós somos uma Essência, espiritual e imortal, vivendo uma experiência temporária em corpo físico…

Percebem como muda o foco?… Percebem como muda o olhar… a perspectiva?

Somos Águia, meus queridos! E voamos por cima do cenário do drama ou da comédia, apenas observando os acontecimentos e absorvendo aprendizados.

Aqui, na fisicalidade, nós não somos nada: apenas estamos… é passageiro! E amanhã estaremos assistindo uma outra peça, em outro corpo.

Portanto, não se atenha ao quintal com muros, vivendo o drama e a comédia…

Voe… voe alto e livre… e apenas observe o drama e a comédia se desenrolando em mais uma de suas experiências no mundo físico.

Experimente essa liberdade… e eu duvido que você vai conseguir ou querer voltar para o quintal, com muros.

 

VÍDEO

Projeto ÁGUIA: junte-se a nós!

Inscreva-se para ser notificado de nossas publicações, cursos e eventos. 

Responsive image

Maria da Conceição Vitor